Ir para o site da Meu Mecânico

10 motivos para você nunca deixar de usar cadeirinhas de bebês em seu carro

Imagem Folder Cadeirinha

No futuro, as suas crianças podem te agradecer

A maioria dos motoristas, quando compra um carro, mais está preocupado com o valor do veículo na tabela Fipe do que se o automóvel possui todo o aparato necessário para a segurança dele e da família que possui.

É, muitos condutores deixam vários itens de proteção de lado, e as cadeirinhas de bebê estão longe de serem uma exceção nessa história. A seguir, descubra 10 motivos que com certeza farão você pensar duas vezes antes de deixar as cadeirinhas de lado novamente.

 

1º motivo: Cintos de segurança podem ser perigosos para as crianças

Os cintos de segurança do seu veículo são projetados para adultos. Eles dissipam a energia em um acidente para não atingir os corpos dos passageiros de uma só vez, sendo capazes de segurar o corpo pelos pontos mais fortes – os quadris, os ombros e a caixa torácica.

Mesmo em baixas velocidades, as forças de colisão em um acidente podem se aproximar de mais de 290m/s². Para comparação, pilotos de caça são capazes de sustentar até 88 m/s², e isso com a ajuda de trajes especiais projetados para manter o sangue fluindo.

Cintos de segurança fazem um trabalho fenomenal mantendo adultos contidos em um acidente. No entanto, eles não são tão bons em proteger os pequenos. Coloque uma criança de cinco anos em um cinto de segurança para adultos e é fácil ver que ela não se encaixa bem.

O cinto do ombro é susceptível de passar por cima do queixo da criança. Quando estão sentadas no assento, não conseguem dobrar os joelhos para chegar ao chão. Se elas se abaixarem o suficiente para dobrar os joelhos, é provável que o cinto abdominal cruze o estômago.

Em um acidente, um cinto de segurança que atravessa o abdômen ou o pescoço pode causar sérios danos aos órgãos vitais. A criança também poderia deslizar por debaixo dos cintos. É por isso que é tão importante que os menores andem na cadeirinha de segurança de acordo com a sua idade e tamanho.

 

2º motivo:O banco do carro não é adequado para o corpo de uma criança

Bebês com menos de dois anos ainda têm uma estrutura óssea muito macia que não pode suportar as forças de um acidente de carro. Em particular, seus pescoços não são fortes o suficiente para segurar o peso de suas cabeças enquanto são empurrados para a frente em um acidente.

É por isso que a única maneira de manter os bebês seguros diante de uma colisão é fazer com que se sentem em uma cadeirinha infantil voltada para trás, que poderá absorver a energia do impacto e distribui-la proporcionalmente ao longo do corpo da criança.

Vários pais nem sabem disso, mas o design de muitas cadeiras infantis é baseado nos assentos e arreios usados ​​por motoristas de carros de corrida.

 

3º motivo:É muito mais confortável para os pequenos quando viajam nas cadeirinhas

Tudo bem que muitas crianças choram quando os pais tentam colocá-las na cadeirinha, mas se elas fossem mais maduras, com certeza concordariam que o assento infantil é bem mais adequado para elas que o assento normal onde o pai e a mãe se acomodam nas viagens de carro.

De acordo com pesquisas, as crianças tendem até a dormir melhor na cadeiraadaptada, já que é mais confortável para elas do que o banco do veículo.

 

4º motivo:É muito mais confortável para você também quando os pequenos viajam nas cadeirinhas

Acredite: só de você não ter que segurar um bebê no colo com a coluna toda contorcida por horas já poderá te ajudar muito na hora em que o seu filho quiser que você esteja de bom humor para brincar com ele e se divertir em família.

 

5º motivo: É perigoso segurar uma criança no seu colo

Em um acidente, a criança pode ser esmagada entre seu corpo e parte dointerior do carro. Mesmo se você estiver usando um cinto de segurança, a criança seria rasgadade seus braços – você não seria capaz de segurá-la, não importao quanto tentasse.

E também é perigoso colocar um cinto de segurança em torno de sie uma criança (ou em torno de dois filhos). A maneira mais segura para as crianças viajaremnos carros é em uma cadeira infantil adequada para o seu peso e altura.

Só para vocês terem uma ideia, tentar segurar um bebê pequeno em um acidente de carro a cerca de 50km/h seria como tentar levantar 8 sacos de cimento de uma só vez.

 

6º motivo: As cadeirinhas de bebê não protegem a criança apenas de acidentes de trânsito

As cadeiras infantis para carrospossuem um design capaz de restringir movimentos espontâneos inadequados, a abertura inadvertida da porta pela criança, a exposição de partes do corpo através das janelas e até podem reduzir as mudanças de posição da criança em desacelerações e curvas rápidas.

 

7º motivo:Cadeirinhas infantis evitam que você se distraia com a criança enquanto estiver dirigindo

Ás vezes pode nem ser tão grave assim um simples movimento do seu filho, no entanto pode ser o suficiente para te deixar preocupado, principalmente se você for daqueles pais neuróticos.

E, você pode até não admitir, mas uma simples olhadela para trás pra saber como a criança está já pode ser o suficiente para colocar toda a sua família em uma situação de perigo no trânsito.

 

8º motivo:Algumas tecnologias podem até ajudar o seu bebê a se distrair um pouco

Hoje existem no mercado várias opções de cadeirinhas de bebê que você pode usar nos mais variados tipos de carros usados e novos. Alguns modelos de cadeiras possuem uma vibração calmante que relaxa a criança e até tocam músicas para evitar que fiquem estressadas durante a viagem.

 

9º motivo: A legislação de trânsito do Brasil exige que motoristas de carros usados e novos utilizem a cadeirinha ao transportar crianças no veículo

De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, transportar crianças em automóveis sem a devida segurança é uma infração gravíssima, com penalidade de multa que pode chegar a quase R$ 300,00 e de retenção do veículo até que seja feita a devida correção da irregularidade.

Pela legislação, crianças de até um ano devem ser transportadas de costas no banco de trás do carro em cadeirinhas de bebê. Menores de um a quatro anos podem viajar com a cadeirinha de frente, mas ainda com o cinto e no banco traseiro.

Para menores entre quatro e sete anos e meio, a exigência é da utilização de um assento de elevação no banco de trás e, apenas para crianças entre sete anos e meio e dez anos, é que as cadeirinhas podem ser dispensadas, sendo ainda obrigatório o uso do cinto de segurança e o transporte do menor no banco de trás.

 

10º e último motivo: No final do dia, você com certeza poderá dormir mais tranquilo sabendo que está fazendo o melhor pelo seu filho

Depois de ver todos os motivos anteriores, esperamos que tenha entendido como o seu filho poderá estar bem mais protegido se for transportado em cadeirinhas infantis. Vai pela gente: nessa hora, economizar não vale nem um pouco os riscos diários que a sua família estará enfrentando.

E se a sua situação financeira atual estiver difícil e você precisar, de fato, economizar em algo, dê uma olhada na tabela Fipe e procure por um carro mais barato para você. Só não deixe de adquirir as cadeirinhas, pois você sabe, melhor que ninguém, que a vida do seu filho é a única coisa nessa história que não tem preço.

 

Compartilhe o post nas redes sociais e ajude a sensibilizar outros pais sobre a importância do uso de cadeirinhas infantis no transporte de crianças no carro!

 

Bjinho da Agda



Blog da Agda Oliver

pertence a Meu Mecânico

Copyright © Meu Mecânico 2010 - 2015