Ir para o site da Meu Mecânico

Mulheres empreendedoras

Agda Oliver (9)

Analisando o cenário em que mulheres estão cada vez mais entrando no segmento de empreendedorismo, podemos observar que esse número de mulheres tem crescido no Brasil de forma avassaladora.

Segundo dados do Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras das Micro e Pequenas Empresas, desenvolvido pelo Sebrae e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), em 11 anos, o número de mulheres donas do próprio negócio no Brasil aumentou de 6,3 para mais de 7 milhões. De acordo com o Banco Mundial, cerca de 30% de todos os empreendimentos privados do mundo são operados por mulheres e a estimativa é que esse número suba para 75% até 2028.

Ainda assim, as mulheres enfrentam uma série de barreiras e obstáculos econômicos e principalmente sociais quando se trata de empreendedorismo. Dados da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) de 2015 mostram que, comparado aos homens, as mulheres empreendedoras são mais escolarizadas e, mesmo assim, ganham menos: apenas 49% dos homens recebem até 3 salários mínimos, contra 69% das mulheres. Além disso, as mulheres também trabalham com produtos mais dependentes do mercado interno, com empresas de faturamento menor e poucos empregados.

Esse cenário expõe uma realidade muito presente na sociedade brasileira: ainda é mais difícil e complicado para mulheres se tornarem empreendedoras do que para homens. Por isso, a instituição de apoio aos pequenos negócios julga importante trabalhar para diminuir essas dificuldades e disparidades, por meio de ações que coloquem o debate em pauta e estimulem a parcela feminina da população a participar do mundo dos negócios.

Bjinho da Agda



Blog da Agda Oliver

pertence a Meu Mecânico

Copyright © Meu Mecânico 2010 - 2015